Sociedade Musical e Recreativa Lapa

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Notícias
Notícias

No embalo das marchinhas

E-mail Imprimir PDF

A alegria tem data marcada, não somente no carnaval, mas no Zé Pereira. Aos que não aguentam esperar até o carnaval para foliar, no Ribeirão da Ilha acontece há mais de 60 anos o tradicional entrudo ao carnaval, anunciando a folia uma semana antes da data prevista para o início da festa. O evento é realizado em vários locais do Brasil. Alguns atribuem a "invenção" do Zé-Pereira a um comerciante português estabelecido no Rio de Janeiro em meados do século XIX, mas é provável que isso seja apenas uma estória popular. Na segunda metade do século XIX, o termo era usado para qualquer tipo de encontro carnavalesco acompanhado de zabumbas e tambores, semelhantes aos chamados blocos de sujo.

No Ribeirão da Ilha, a Banda do Zé Pereira é a principal atração. Na década de 1960, a Banda da Lapa começou a tocar os carnavais do Clube Limoense, no bairro do Saco dos Limões, e tocou por mais de 35 anos. Carlos Heidenreich, o Carlito, tocava sax e lembra com saudades dos bailes na madrugada em um depoimento no documentário “Memórias e Harmonias da Banda da Lapa”, de Daniel Choma e Tati Costa. Bailes tocados sem intervalo. Para isso, os músicos se dividiam em dois grupos, cada um tocando 15 minutos no palco. “Só a canja ia mais de uma hora, quando a banda se animava. Lá no Limoense tinha um palquinho e depois da canja todo mundo descia e dançava com o público, em volta do salão. Depois ia pra rua. Aí então era aquela festa...festa de final de feira! Era cansativo, mas era bom”.

O repertório da alegria é composto também por sambas, músicas que fazem sucesso no carnaval brasileiro e outras de composição de autores locais, todas interpretadas pela tradicional Banda do Zé Pereira, formada por músicos da centenária Sociedade Musical e Recreativa Lapa e dividida por vocais, flautins, saxofones, trompetes, trombones, bateria, percussão, cavaco, baixo e guitarra.

Em 2015, a Banda do Zé Pereira tocará no tradicional Zé Pereira, na Freguesia do Ribeirão da Ilha, a partir das 14h no dia 08 de fevereiro, levando os foliões em direção à Pracinha. Na praia o show continua com a Banda tocando no palco até o fim da tarde.


Além do Zé Pereira, a banda também vai animar o Enterro da Tristeza, em Florianópolis, na quinta-feira (12) e o carnaval de Garopaba no sábado (14).

LAST_UPDATED2
 

Banda forma novos alunos de teoria musical

E-mail Imprimir PDF

No próximo sábado (4) a Sociedade Musical e Recreativa Lapa forma uma nova turma de teoria. Os alunos recebem os instrumentos e passam a ter aulas de prática musical.

A nova fase será marcada por uma pequena apresentação da Banda na pracinha da Freguesia do Ribeirão às 16h. Prestigie e participe desse momento de tradição na centenária banda de música. (Se chover, será na sede da banda)

A continuidade da Banda da Lapa se dá a partir das oficinas musicais, visto que esses alunos e futuros músicos serão mantenedores da Sociedade Musical e Recreativa Lapa, ajudando na formação dos demais integrantes que mais tarde ingressarão na iniciativa.

LAST_UPDATED2
 

Banda da Lapa comemora 118° aniversário com ensaio aberto e exibição de documentário

E-mail Imprimir PDF

No próximo sábado (16), às 14h, a Banda da Lapa exibirá o documentário “Milagre de Santa Luzia”, seguido de ensaio aberto ao público e de confraternização para marcar a passagem de seu aniversário.

A quarta edição do CineSom na Banda da Lapa traz as andanças de Dominguinhos pelo Brasil que toca sanfona no filme de Sérgio Roizenblit. Dominguinhos, falecido no ano passado, percorre o país mostrando como música e cultura popular se misturam nos versos e acordes de nossos mais conhecidos sanfoneiros. Após a sessão, a Banda faz ensaio às 16h.

A Sociedade Musical e Recreativa Lapa foi fundada em 1896, materializando o costume da comunidade de pescadores e pequenos produtores rurais do Ribeirão da ilha de manter uma banda musical para animar as festividades locais. Há 118 anos, a Banda da Lapa mantém-se graças ao esforço conjunto da comunidade de de músicos que voluntariamente iniciam os interessados pelos caminhos da música.

A banda tocará nas procissões da Festa da Lapa, na Freguesia de Ribeirão, no sábado, às 19h, e no domingo, às 9h. Às 12h de domingo, a Banda também se apresenta no Salão Paroquial da Freguesia.

O quê: comemoração de 118 anos da Sociedade Musical e Recreativa Lapa

Onde: Documentário e ensaio na sala de ensaio da banda, na Freguesia do Ribeirão, atrás do Centro Social

Apresentações no salão paroquial do Ribeirão

Quando: sábado (16) e domingo (17)

Gratuito

LAST_UPDATED2
 


JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL
Nossos Parceiros

Agenda & Eventos