Sociedade Musical e Recreativa Lapa

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

BANDA DA LAPA COMEMORA 120 ANOS

E-mail Imprimir PDF

No dia 15 de agosto de 2016, a Sociedade Musical e Recreativa Lapa completa 120 anos. Fundada em 1896, a banda materializou o costume da comunidade de pescadores e pequenos produtores rurais do Ribeirão da Ilha de manter uma banda musical para animar as festividades locais.


Há 120 anos a música não para no Ribeirão da Ilha. O som produzido pelo vento nas folhas do Garapuvu, as ondas chegando mais fortes e movimentando a praia, as conversas entre comadres, o sacolejar das lajotas quando passam os carros e o tilintar dos talheres durante a degustação de ostras. Uma polifonia que ajuda a compor o Ribeirão, mas ainda incompleta. Falar de Ribeirão e de sua cultura sonora é remeter ao que já se tornou patrimônio de seus moradores há muito: a Banda da Lapa.

Clarinetes, flautas, saxofones, trompetes e trombones, bombos e bombardinos embalam a pitoresca comunidade histórica. Em 15 de agosto de 1896 foi fundada a Sociedade Musical e Recreativa Lapa, no dia da festa da padroeira, Nossa Senhora da Lapa. Nas raízes da Banda, marcas importantes da fé e religiosidade, tão características do povo ribeironense. Uma trajetória de muita história e amor à música que atravessa gerações de músicos e apreciadores da arte, desde que um grupo de pessoas passou a largar, vez por outra, seus instrumentos de trabalho, para fazer da música um de seus passa-tempos favoritos. Essa diversão, contraditoriamente, de forma séria passou a sonorizar e alegrar as procissões e festas da padroeira, tornando-se uma parte fundamental dos encontros sociais do Ribeirão da Ilha.

Em meio a procissões em areias das praias de Florianópolis e em suas ruas, a Banda foi cada vez mais alegrando e emocionando. A confluência de culturas e experiências fez com que a música produzida em 1896 chegasse aos nossos dias com a mesma sinergia envolvente que agrada até mesmo as novas gerações. No tradicional Zé Pereira e em festas em todo o Estado, a Sociedade Musical e Recreativa Lapa é conhecida por ser a Banda de todos os ritmos: chorinho, marchinha, rock, samba...canções do ritmo do coração de seu público, que vem crescendo a cada dia.

A dedicação de seus músicos voluntários mantém a Banda. Esses se dividem nas atividades administrativas e musicais e também ensinam a arte da música para a comunidade. É assim que a Banda existe há gerações, passando o que se sabe aos futuros músicos, que mais tarde passarão adiante o que aprenderam.

E assim a Banda compõe o Ribeirão e a o Ribeirão compõe a Banda. História que não se resume em palavras, mas uma canção que pode ser tocada por seus músicos:

“A música me faz bem. A música é uma arte.” {Antônio – clarinete *

“Vamos seguir o exemplo de nossos bisavós, avós e pais, que não mediram esforços para ter sua banda. Somente com a participação de todos é que poderemos continuar trazendo alegria às crianças, aos jovens, aos idosos, enfim, a todos os que apreciam a bela arte da música.” {Alécio – saxofonista **

“E como o tempo não pára...A Banda tem que continuar!” {Daniel Choma – videasta e fotógrafo*


Curta https://www.facebook.com/bandadalapa

* Depoimentos colhidos do documentário Memórias e harmonias da Banda da Lapa, de Daniel Choma e Tati Costa.

** Texto de Alécio Heindenreich, escrito em 1991.

LAST_UPDATED2
 
Nossos Parceiros

Agenda & Eventos

27/08

A Banda toca procissão no bairro Pantanal, às 18h

 
20/09

Banda toca no projeto TAC 7:30